sexta-feira, 6 de março de 2015

PÚBLICO SE VOCÊ CONCORDAR

Hoje, 6 de Março de 2015, o empresário José Roldão de Oliveira, proprietário da Casa do Criador, atendendo ao pedido da Prefeitura Municipal de Martinópole, na pessoa de seu prefeito James Bel, retirou todos os seus pertences do quiosque que ocupava no Mercado Público da cidade há alguns anos. Com a ajuda de amigos, o empresário estará localizado em novo endereço, onde continuará atendendo ao público de nossa cidade. 

Segundo informações, Seu Oliveira, foi convidado a sair do seu local de trabalho por não ser aliado ao atual prefeito de Martinópole. Caso parecido aconteceu com outras pessoas que não apoiavam o prefeito. Situações parecidas ocorrem em todo país, onde o público é confundido com o privado. 

Teria um prefeito, o direito de não aceitar um opositor ao seu mandato trabalhar em um local público? Seria correto a população aceitar tais atitudes nada democráticas? Até quando vamos viver isso? Até quando estaremos calados, ao ver que políticos tomam como seus, o que é direito de todos, dado por lei, concordando ou não com suas posições políticas.

Expresso aqui minha revolta com o ocorrido e meu apoio total ao Seu Oliveira e família e desejo que o sucesso da Casa do Criador continue, independente da vontade contrária de outros.

Abaixo fotos do momento em que a mudança foi feita e novo endereço. 










NOVO ENDEREÇO

NOVO ENDEREÇO

4 comentários:

  1. Falar e falar e muito facil, o dificil e provar. Os predios publicas ate onde todo mundo sabem ficam a disposiçao do poder publico para uma necessidade da administracao, nao de ninguem pra ser chamado de privado. So sei e acho.

    ResponderExcluir
  2. Engraçado é que tem pessoas que ocupam esses pontos há anos e não saíram em administrações anteriores, agora, os únicos pontos dos quais a nova administração tem necessidades são os ocupados pela oposição. Quem tem boca realmente diz o que quer, mas daí acreditar que hoje em martinópole as coisas não ocorrem de forma arbitrária, são outros quinhentos. Fazer o quê né? Graças a Deus que tudo passa.

    ResponderExcluir
  3. Poise arbritaria ner??? Pode ate ser, quem tem kbca pensa o q quiser, ninguem pode mandar em pensamentos alheio. Mas peli menos tenos prefeito q mora na cidade e q esta sempre presente, e melhor meu amigo podemos andar tranquilamente pelas ruas sem medo de ninguem, o Sr Olavo e Kennedy q os diga e sem falar q todo funcionario hoje recebe salario digno.

    ResponderExcluir
  4. Salário digno? Me poupe... Pq um professor contratado não ganha o piso salarial, então qnd for falar em digno, primeiro pague o que os professores merecem... Além de demitir funcionários em novembro e eles continuarem cadastrados como se tivessem trabalhando, falta de merenda nas escolas e carros locados pela prefeitura que nunca serviu, até pq não anda.... Mais alguma coisa?!

    ResponderExcluir