quinta-feira, 16 de abril de 2015

ANIVERSÁRIO DO CORAÇÃO BOM

O eterno prefeito de Martinópole comemora seus 74 anos


Ele, que ficou conhecido como o "Chico Besta" (por ser muito bom com todos), chega aos 74 anos de vida, com muito trabalho prestado à nossa cidade, muitas obras concluídas e entregues à população martinopolense. 

Francisco Fontenele Viana foi prefeito de Martinópole por 3 mandatos. Em 1992, quebrou uma força que administrava a cidade há vários anos, liderada pelo saudoso Dário Campos Feijó. Tendo candidatado seu vice, José Nilson à prefeito nas eleições de 1996, ganha, mas o então prefeito eleito, passa ter Fontenele como seu opositor. 

José Nilson fica no poder por 8 anos e como Fontenele o colocou no posto, assim também, o tirou em 2004, ficando no cargo até 2012, quando entregou ao atual prefeito.


O nosso Coração Bom, como é chamado pela família, amigos e admiradores do político, tem enfrentado muita perseguição, por parte daqueles que tentam sujar sua imagem na cidade, mesmo assim, não desiste de lutar e continuar lutando pelo bem daqueles que sempre o apoiaram. Confiam nele, a esperança da volta de uma Martinópole mais justa e igualitária. 

O nosso desejo é que Deus lhe conceda força e muita saúde, que o "Coração Bom" continue conosco por muitos anos e que sempre seja feita a vontade daquele que é maior que qualquer administrador nessa terra. 


Parabéns, muita alegria e confiança sempre, é o que desejamos ao nosso prefeito, sempre prefeito Fontenele, o Coração Bom.

WILTON LIMA

5 comentários:

  1. Nunca mais, já era, já passou o tempo dele não soube valorizar as pessoas perdeu por um que valoriza, fontenele nunca mais.

    ResponderExcluir
  2. Nunca mais, já era, já passou o tempo dele não soube valorizar as pessoas perdeu por um que valoriza, fontenele nunca mais.

    ResponderExcluir
  3. sinceramente esse cara foi muito boa a gestão dele e ele como pessoa é uma otima pessoa , mais ele precisa entender que nao da mais para ele ja passou o tempo dele e o povo nao nao quer mais ele ... agora é a vez de deixa quem sabe realmente fazer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é ele que precisa entender. Sou eu e outras ( muitas, viu?) pessoas.

      Excluir
  4. É, cada um diz o que pensa. Isso se chama democracia. Mas os fatos apontam uma outra história.

    ResponderExcluir