quinta-feira, 1 de outubro de 2015

QUAL O VALOR DE UM AMIGO?


Todos os dias, eu tenho a certeza de como é raro ter um amigo. Alguém em quem posso confiar, compartilhar minhas dores, meus medos, meus desejos... Pessoas com a capacidade de me olhar com amor e sem acusações, mesmo quando meus ideais diferem dos seus.

Encontrar pessoas assim é difícil, pessoas que te olham sem preconceitos, que buscam o que você é e não o que você tem. Eu me alegro muito, porque mesmo sendo difícil encontrá-los, eu consegui encontrar alguns. Mesmo poucos, são pessoas que fazem uma grande diferença na minha vida.

Hoje eu entendo o que Salomão quis dizer (Eclesiastes 4.9 e 10). Não dá para viver só, precisamos de amigos, precisamos de pessoas que estejam do nosso lado na alegria e muito mais nos momentos de crises e que nos deem a mão para levantar. Eu não abro mão da companhia e carinho dos meus amigos e não abro mão de dedicar a eles toda atenção e amor!

É incalculável o seu valor e sua importância. É impagável tudo que recebi deles.

AMIGO! Esse nome já é um grande título, que deve ser usado com muito cuidado e dado só para quem realmente merece. 

Amizade eu sempre digo que aprendi e encontrei na dor, nos momentos de tristezas, por isso o cuidado e atenção inigualável dados à eles, meus amigos, os de longe e os de perto, de muito tempo e os de agora.

Por isso, em todo o tempo ama teu amigo e na hora da angústia nascerá um irmão. (Provérbios 17.17)

Wilton Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário